13 de março de 2014

Mudando pro amor

Já suplicou por mudanças?


Suplicar por mudanças, era exatamente isso que eu fazia sempre que abria a boca. Nada estava realmente bom pra mim. Não que esteja agora, mas nada era bom o suficiente. Até que ele apareceu.
Então algo muda e várias outras coisas mudam também. Muda por fora e por mais mágico e assustador que seja também muda por dentro. Tudo que te chateava não te chateia mais, tudo que nunca te chateou começa a te chatear. Não era mudanças que você queria menina?
A questão é: como alguém pode revirar a sua vida sem ao menos saber que esta fazendo isso?
E de repetente ele está ali, presente em tudo, e você que era teoricamente livre agora é na pratica um ser ligado a outro. Começa a conviver com alguém, alguém que está próximo o suficiente pra amar sem ao menos conhecer, é como se você tampasse os olhos e abrisse o coração, na verdade, é exatamente isso que você faz, ama de olhos fechados!
Você não acha que um dia vai basear sua vida em outra pessoa, planejar as tais das mudanças com e por alguém, pelo menos não do jeito que realmente acontece.
Você não veste mais sua saia preferida, não fala mais alto no meio dos seus amigos meninos, passa o dobro do tempo pra se arrumar e passa 24hrs pensando se ele iria gostar ou não do que você esta fazendo, mesmo que você só esteja comprando um bolinho na padaria ao lado. O engraçado é que isso não é nada comparado de como ele faz você se sentir só de lembrar que mais tarde vocês vão se ver, que daqui algumas horas você vai estar usando sua roupa preferida com ele, que vocês estarão rindo alto no seu quarto enquanto ele se assusta com o filme mais bobo da sua pratilheira e que por mais que você não esteja tão arrumada, ele vai te olhar e perguntar "por que tão linda?" e você vai se sentir a garota mais sortuda do mundo. E isso é uma grande mudança, não é? Mas isso não se compara de como você vai se sentir se passar o dia inteiro longe dele, se não souber como ele está ou se ele esquecer que você planejou de sair. E isso é uma mudança maior ainda. Mas você não liga, porque a única coisa que você quer é sentir que de alguma forma ele esta ali, com você, e você se contenta em sentir seus dedos nos dele, por alguns minutos, algumas horas talvez.
Não sei muito bem onde quero chegar, nem porque estou escrevendo, mas sei e quero deixar claro que por mais que eu não me reconheça mais, que esteja com medo do que possa vir (realmente acho que as mudanças não acabam por ai), que fique lamentando por saudade de quando tudo era menos complicado, de todas as mudanças, ele foi a melhor.



4 de março de 2014

TAG: Meus 12 cabelos prediletos

Já pensou em todos os tipos de cabelo que você gostaria de ter?


Pra quem não viu, a linda da Bruna Vieira fez um post criando uma tag nova no DD15 com a ideia de listar os 12 cabelos que amamos e com certeza teríamos. Eu fiz a minha lista e entrei em depressão (vou chorei). Vem ver meus sonhos de consumo capilar!

Como vocês podem ver eu sou beeem tranquila com coloração, os mais diferentes mesmo é o rosinha, o vermelhão da Rihanna e o Bicolor da Luanna do Le Happy que é meu preferido. Também tô loooouca por cabelo grande e volumoso e tô pensando em aumentar o meu aplique logo menos. Gostaram?


Você também ama algum desses cabelos? Não gosta de algum, já teve parecido ou tá louca pra aderir? Comenta ai em baixo!
E se você também fez a tag deixa junto com o seu comentário que eu vejo também!



Até a próxima!




Fotos: Tumblr / Facebook